• FM O Dia

O humorista Victor Sarro esteve no programa Resenha Proibidona e confirmou as declarações polêmicas sobre a Globo, de onde foi demitido em 2012.

Por lá, ele atuou como repórter e redator do “Encontro”. Victor também trabalhou em programas como o “Esquenta” e “Altas Horas”.

“Eu disse que trabalhar na Globo, você era tratado apenas como um número e quando não fosse bom o suficiente pra eles, eles te tiravam (…) Como uma máquina de suco, você é uma fruta, eles te espremem até o bagaço, até a semente, eles não se preocupam em plantar sua sementinha pra nascer mais fruto dali, eles te trocam e colocam outra pessoa, uma fruta nova no seu lugar”, contou.

Victor ainda fez um breve comparativo com outra emissora de televisão e criticou a postura irredutível da Globo.

“Na Record, as pessoas te tratavam mais com carinho, pelo nome e tudo mais.

Quando eu dei essa declaração, muita gente me criticou. ‘Ele queria ser o famosão da Globo’, disseram.

A prova viva disso (Que eu falo) é o Faustão! O Faustão comprova tudo o que falei. A Globo é um lugar incrível, maravilhoso pra trabalhar, pagamento em dia… Mas a partir do momento que você não é mais relevante pra eles, eles te botam em um lugar que você não tem volta. O Faustão não voltou pra dar um “Tchau”.

Lá, você é um número, a partir do momento que você não dá mais fruto, é mandado embora”, contou.

Confira abaixo a declaração e a entrevista completa. O Resenha Proibidona também recebeu o grupo Menos é Mais pra uma entrevista exclusiva.