• FM O Dia

A cantora Mc Marcelly vive uma conturbada fase. A dona do hit “Bigode Grosso” tenta se reerguer e dar a volta por cima após o fim de sua união com o ex-empresário Frank, que a agredia desde o início do namoro. Marcelly usou sua conta no Instagram pra falar com os fãs sobre o seu estado de saúde e também pra falar sobre relacionamentos abusivos com seus seguidores.

Nos 15 minutos de vídeo, a MC ressaltou que a agressão que resultou em uma lesão em sua córnea não foi a primeira, mas sempre acreditou que o ex mudaria e aproveitou a deixa pra alertar outras mulheres: “Meninas, entendam também que esse é o erro da maioria das mulheres que passam por isso. A gente tem que entender que mulher não é centro de reabilitação pra homem nenhum. Se a pessoa não quis mudar logo de início, ela não vai mudar mais, sabe?”, declarou Marcelly.

Sobre o relacionamento que poderia ter custado sua vida, a artista de 29 anos garantiu que só quem passa por experiências do tipo entende e desabafou: “Aos poucos, foi realmente acabando, realmente, tudo, todo o amor. […] Já ficava tão solitária, mesmo estando acompanhada. Aquele sentimento de angústia, de desespero mesmo. Eu tive depressão, tive ansiedade”.

Em relações abusivas, o agressor costuma não aceitar o término. No caso de Marcelly, não é diferente. Mesmo preso, Frank continuou tentando manter contato com a cantora. Segundo o advogado da artista, o ex-marido começou a enviar uma série de mensagens de tom intimidador e apelativo, com o objetivo de sensibilizar a ex-companheira. Em seu pronunciamento, a MC fez questão de desvincular todas as coisas ruins do que acreditam ser o amor: “Um amor que te agride, que te bate, que te xinga, isso não é amor”.