• 02 de março de 2022 às 15:34h, atualizado às 16:51h
  • Clara Oliveira

Tília é uma das apostas do funk e pop nacional. A cantora, de apenas 18 anos, é filha de Dennis DJ e Kamilla Fialho, empresária que já cuidou da carreira de nomes como Anitta e Lexa. A veia artística dispensa qualquer explicação, né? Apesar de sempre ter cultivado o sonho de ser cantora, a jovem deu start na carreira musical aos 17.

“Desde criança, eu queria ser cantora, artista. E eu sempre demonstrei com atitudes, nunca falando. Quando eu era pequenininha, fazia shows na casa da minha vó, com microfone, na frente de todo mundo na sala”, contou Tília, que lançou, em fevereiro, “Convoca”, a maior aposta de sua carreira. O single, produzido por Maikinho, é o último single da trilogia composta por “TO PRONTA!” e “Venda Casada”, lançadas no final de 2021.

Confira o clipe:

Em entrevista à FM O Dia, Tília falou sobre o surgimento da vontade de seguir carreira artística,  comentários negativos que recebe e também sobre os preparativos para o próximo álbum da carreira, previsto para ser lançado em abril. Segundo ela, os fãs podem esperar dois feats grandiosos.

  • É verdade que você teve um certo medo de contar para os seus pais que queria ser cantora?

Tília: Eu tinha medo porque eles conhecem perfeitamente o mercado, né? E tudo tem um lado bom e ruim. Infelizmente, na música tem muito o lado ruim e como pais, eu fiquei com medo deles me privarem de fazer, por conta do lado negativo. Mas isso não aconteceu, não sei por que eu senti isso, porque meus pais são os meus amigos, sempre me apoiaram em qualquer decisão e não foi diferente na música, mas sem dúvidas eles me alertam a qualquer passo, que aquilo pode dar de certo ou errado, e estão bem presentes comigo me ajudando.

  •  A vontade surgiu durante uma participação sua em uma live do seu pai ou sempre existiu?

Tília: Desde criança, eu queria ser cantora, artista. E eu sempre demonstrei com atitudes, nunca falando. Quando eu era pequenininha, fazia shows na casa da minha vó, com microfone, na frente de todo mundo na sala. Sempre fiz minha irmã me maquiar pra gente gravar clipes aleatórios de música. Sempre estive presente nos estúdios com meu pai, participei do clipe da Anitta quando era novinha, quando eu tinha a oportunidade, subia no palco dela pra dançar as músicas, sabia todas coreografias, enfim. Então, desde pequenininha eu queria isso, mas não chegava e falava, demonstrava mais com atitudes.

  • “Convoca” faz parte da trilogia formada por “TO PRONTA!” e “Venda Casada”, né? O que você quis passar com essas músicas?

Tília: “Tô Pronta” mostra um lado empoderado, que eu cresci e não sou mais a filhinha deles [Dennis e Kamilla], quis mostrar que eu cresci, que eu posso e que eu quero fazer tudo na minha vida. “Venda Casada” foi uma resposta pra vários hates que eu já recebi, falando que tudo que eu conquistasse na minha carreira seria por conta deles. E eu só peço pra que as pessoas me deixem trabalhar, porque eu não quero nada além disso: fazer meu som e minha música, que é o que eu gosto. E em “Convoca”, eu lanço um funkão pra galera ficar animada junto comigo.

  • Pra divulgação da faixa, você postou uma foto com a imagem de várias artistas atrás. Queria que você falasse um pouco sobre essas escolhas.

Tília: Então, no clipe de Convoca, na cela, tem vários posts, de várias mulheres. Ludmila, Anitta, Luisa Sonza, gringas também, tem várias. Ariana Grande, Taylor Swift, muitas mesmo. Eu resolvi colocar porque em “Convoca”, quem me põe na prisão é um fiscal de internet, e eu acho que, quando o assunto é mulher, eles pegam ainda mais no pé. Eu quis colocar mulheres que já foram silenciadas apenas por serem mulheres.

  • Qual seria seu feat dos sonhos?

Tília: Meu feat dos sonhos? Atualmente, Luísa Sonza e Glória Groove. Elas me inspiram muito, sou apaixonada pelo trabalho e consumo todos os dias.

  • Em abril, você vai lançar o segundo álbum da carreira, né? O que a gente pode esperar?

Tília: Tem mais ou menos cinco meses que tô gravando esse álbum, deu muito trabalho. Tá dando, né, ainda não tá pronto, mas em abril a gente lança. A música que vai puxar o álbum é um feat com duas pessoas que, assim, eu não sei nem falar, juro, eu tô muito, muito ansiosa pra que as pessoas possam ouvir, são nomes enormes. Nunca gravei com gente desse tamanho, essa é a primeira vez. Vão ter cinco faixas inéditas, e mais “TO PRONTA!”, “Venda Casada” e “Convoca”.