O ano de 2020 foi bastante significativo pra Thaís Macedo, cantora e compositora da nova geração do pagode e atração do último dia do ‘Agora é com Elas’. Fechando com chave de ouro o novo projeto da FM O Dia, a artista de Macaé celebra o cenário de crescimento feminino no gênero.

“Incrível a FM O Dia abrir as portas pra mulherada que tá chegando agora. Acho que esse movimento é uma sementinha que ainda vai dar muitos frutos”, diz Thaís, que declarou ser fã das demais artistas participantes do Agora é Com Elas.

“O pagode é um universo muito protagonizado por homens, mas a mulherada tá vindo com vontade”, completa.

De família extremamente musical, como a própria definiu, a influência de Thaís em relação ao samba veio de berço. Quando veio morar no Rio, ela contou que mergulhou de cabeça nesse universo.

O primeiro grande trabalho de Thaís no universo do samba e do pagode foi lançado lá em 2015: Borogodó é o nome do álbum, que conta com sete músicas. Em 2019, a cantora deu mais um grande passo ao gravar uma composição em parceria com Pretinho da Serrinha, grande arranjador, compositor e instrumentista do mundo da música.

Mesmo tão jovem e com uma carreira inteira pela frente, Thaís sente realizada na profissão que escolheu seguir.

“Eu acho que ainda tenho muitas coisas pra conquistar, muitas portas pra abrir, muita coisa pra construir”, declara. “Me considero uma iniciante, mas o pouco que eu já conquistei até aqui me deixa muito feliz e orgulhosa”.

Em 2022, a artista, assim como todos aqueles que ficaram e ainda estão parados em razão da pandemia, quer estar a maior parte do tempo em cima dos palcos.

“Tô ensaiando um show novo pra ir pra rua. Repertório novo, banda nova, show novo. Vida nova. Pós-pandemia, a gente tem um projeto de gravar um audiovisual e algumas autorais, não vai demorar muito”, finalizou Thaís, deixando os fãs na expectativa.