• Antônio Jordão

Já falamos ontem que o Imaginasamba não terá o cantor Suel nos vocais em 2019, mas essa não será a única mudança. O diretor musical do grupo, Allan Lima, assim como Suel, deve começar sua carreira solo já em janeiro de 2019.

Allan Lima e Suel são compositores de mão cheia e já escreveram sucessos como “Dependente”, gravada pelo Sorriso Maroto, “Três Palavras”, gravada pelo Ferrugem e “Fulminante”, sucesso enorme na voz do Mumuzinho.

A lista não para por aí e também conta com hits do próprio Imaginasamba, como não poderia ser diferente. “Vá Com Deus” e “Me Assume ou Me Esquece” são exemplos dessa coleção de sucessos que eles colecionam.

Inclusive, os dois gravaram todas essas composições para o projeto “Acústico Suel e Allan Lima”, disponível no Youtube e nas Plataformas Digitais.

Ouça Aqui

Imaginasamba

O grupo, que comemorou 16 anos de carreira em 2018 e lançou 10 álbuns ao longo de sua trajetória terá um novo vocalista em 2019. Em busca de novos desafios profissionais, Suel, responsável pelos vocais do grupo desde o início, anunciou que fará carreira solo. Até o final do ano, o cantor seguirá normalmente a agenda de shows e compromissos do Imagina. Os músicos se reunirão com os presidentes dos fã-clubes no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, dia 28 de setembro

Amor com Prazer

“São 16 anos de Imaginasamba, aprendendo e compartilhando experiências, todas elas com um final feliz, graças à Deus. O Imaginasamba entrou na vida das pessoas graças ao talento e dedicação de cada integrante. Cada um, com sua importância, somou e soma para que, juntos, pudéssemos chegar cada vez mais longe. Tudo que sou hoje como artista, devo aos meus irmãos do Imagina, que sempre me incentivaram a explorar, cada vez mais, os meus dons. Hoje anuncio o encerramento do meu ciclo junto ao Imaginasamba. Por um desejo pessoal, saio em carreira solo a partir de janeiro de 2019. Vale deixar claro que é impossível eu me separar do Gné, Leandrinho, Marquinhos e Japona, porque nossa ligação é tão grande quanto a história que construímos juntos! Obrigado meus irmãos de alma por todos os anos e todas as coisas maravilhosas que vivemos e, sobretudo, obrigado por, mais uma vez, me apoiarem nesse sonho. Não querermos que nossos fãs se dividam, mas que se multipliquem e somem tanto na minha carreira solo quanto na carreira do Imaginasamba, que entra numa nova fase também, com um novo vocalista, que vai dar segmento a essa história que ainda terá muitos capítulos”, comentou Suel sobre a decisão.

 

“Suel nos falou sobre o desejo de seguir carreira solo e, no início, ficamos surpresos, mas, com o passar dos dias procuramos achar uma alternativa boa para que ambos produtos dessem certo. Assim, começamos a planejar as duas carreiras, em conjunto, nos ajudando para que tudo desse certo para todos. E isso está sendo fundamental, planejamos tudo com carinho e com tempo para que, principalmente, os nossos fãs fiquem com dois projetos lindos e completos. Com o tempo de planejamento, estamos passando por um processo extremamente tranquilo. Foram anos de carreira e o que permanece é a amizade e convívio entre nós e, claro, as portas estão abertas e temos certeza de que nossos caminhos seguirão se cruzando. Apesar de estarmos separados nos palcos, tenham certeza de que continuaremos juntos”, disse Gné.

A partir de janeiro de 2019, o cantor Juninho, conhecido dentro do cenário do samba e pagode como vocalista no grupo Disfarce – sucesso, principalmente, no Rio de Janeiro, assumirá os vocais do grupo Imaginasamba.

“Nem nos meus maiores sonhos, imaginei que eu receberia este convite, principalmente de um grupo como o Imaginasamba, do qual eu tenho orgulho de dizer que eu acompanho a história nesses 16 anos. Fiquei muito feliz quando o Gné me chamou para uma reunião. Foi uma loucura, minha vida virou de cabeça pra baixo. Fiquei extremamente feliz por ter sido lembrado e assumo este convite muito empolgado para fazer parte desta trajetória brilhante que tem o grupo”, comemora Juninho sobre a nova fase.

“Chegamos ao nome do Juninho, depois de muitas conversas internas, inclusive, com a ajuda do Suel. Conhecíamos o trabalho dele na época em que cantava com o Disfarce, um grande sucesso no Rio de Janeiro e nome muito forte para nós. Estamos felizes e empolgados com a chegada dele, com a certeza de que será muito bem recebido”, finalizou Gné.