• 18 de dezembro de 2021 às 20:36h, atualizado em 18 de dezembro de 2021 às 20:36h às 14:00h
  • Antônio Jordão

Em entrevista ao É De Casa, da Globo, Rodriguinho revelou que, durante a pandemia do coronavírus, teve um forte quadro de depressão. Durante a conversa, o ex-vocalista do grupo Os Travessos contou também que a religião o ajudou a passar por esse período.

“Isso foi agora, de quatro, cinco meses atrás. Tive um quadro bem forte. Tive que cuidar de tudo, da mente, espírito, saúde. Foi uma barra passar por isso”, pontuou o cantor.

No programa, Rodriguinho participou do quadro “Promessas” e falou sobre a parceria com a cantora gospel Leidy Murilho. Foi por influência da ex-esposa, Nanah Damasceno, de quem se separou pouco antes da pandemia, que o o artista decidiu entrar para a igreja.

“Hoje é a primeira vez que falo abertamente sobre a minha fé, sobre minha conversão. Nunca falei sobre isso. É muito difícil eu ter essa pergunta porque as pessoas acham que não é sério, às vezes por eu estar no pagode há muito tempo, não dão credibilidade”, declarou.

Foi na quarentena, quando já havia terminado seu relacionamento, que ele se apoiou, ainda mais, na fé. “Quando chegou a pandemia, foi que eu entendi que estava sozinho porque me vi dentro de casa, meus filhos e mulher não estavam”, explicou.

“Quando eu tive relacionamento com Deus, comecei a sentir verdades e a sentir o que eu realmente era, comecei a me encontrar”, finalizou Rodriguinho.