• 04 de maio de 2022 às 18:35h
  • Clara Oliveira

A Polícia Civil de São Paulo concluiu o inquérito do acidente envolvendo o ex-BBB Rodrigo Mussi. Na madrugada de 31 de março, enquanto o empresário voltava do Morumbi, após assistir ao jogo do Corinthians, o carro de aplicativo em que ele estava bateu em um caminhão, e Rodrigo, que estava no banco traseiro, ao que se sabe, sem cinto de segurança, sofreu uma série de ferimentos graves. Na ocasião, o motorista cochilou ao volante antes de colidir com o caminhão, na Marginal Pinheiros.

De acordo com informações do delegado Júlio César dos Santos Geraldo, houve lesão corporal culposa. Segundo ele, o motorista foi imprudente e cumpria excesso de jornada de trabalho, não fiscalizada pela empresa transporte individual. As autoridades alegaram que Kaique não foi indiciado porque lesão corporal culposa é considerado um crime de menor potencial ofensivo.

Saiba mais no programa Holofote de hoje: