• 01 de dezembro de 2021 às 15:52h, atualizado às 16:02h
  • Antônio Jordão

Após quase dois anos de restrições em razão da pandemia, os preparativos para a retomada carnavalesca estão a todo vapor. Renato Almeida Gomes, o Renatinho da São Clemente, que o diga!

Em entrevista ao Holofote, o presidente da escola da Zona Sul do Rio, que completou 60 anos em 2021, falou sobre a grande missão de homenagear um dos mais importantes – e saudosos – humoristas da cultura brasileira: Paulo Gustavo, falecido em maio de 2021, vítima da covid-19.

Para o enredo “Minha vida é uma peça”, de autoria do carnavalesco Milton Cunha, foi escolhido o samba “Dona Hermínia mandou avisar”, composto por 13 autores. “Dona Hermínia mandou avisar que pode. Sambar na avenida e dizer no pé. Mulher com mulher tudo bem. Homem com homem também. O negócio é amar alguém”, diz uma parte da letra, que, além de exaltar o amor LGBTQIA+, menciona também os dois filhos do artista com Thales Bretas, Romeu e Gael.

“Uma bela noite, o Milton Cunha me ligou e perguntou o que eu achava da ideia da mudança de enredo pra falar do Paulo Gustavo”, relembrou o presidente da São Clemente, que trabalharia o tema Ubuntu na Sapucaí.

Ele, é claro, aceitou a proposta, que encara como um desafio. “A São Clemente tá muito feliz com isso, é a nossa aposta. Nós não temos o mesmo dinheiro que as escolas de samba têm, mas nós temos agora a força desse enredo, que é muito bacana. Essa homenagem é muito especial”, declarou.

Ainda existem questões a serem fechadas, como as que envolvem as regras sanitárias em relação ao coronavírus, mas a expectativa é que, se tudo der certo, estejam presentes na avenida: Dona Déa (mãe), Thales (marido) e os amigos de Paulo. As surpresas serão muitas, segundo Renatinho, mas o que a gente já pode ficar sabendo é que a entrada será triunfal: “Vai começar com um grande pagode, mas [um pagode] no céu”, contou.

No dia 27 de fevereiro, domingo de carnaval, a São Clemente será a quarta escola a desfilar. “Quando a gente começar o desfile, não tem nada de tristeza, é totalmente deixar o povo feliz”, finalizou Renatinho.