• FM O Dia

A maioria dos artistas e grupos de pagode começa naquele esquema de barzinho, né? Tocando aqui e ali, ganhando pouco em troca de um espaço pra mostrar o seu trabalho. Fazer sucesso não é fácil e essa tarefa costuma ser bem complicada.

Nesse sentido, o grupo Menos é Mais, que bombou quase que de uma hora pra outra, falou sobre esse “atalho”, proporcionado pela internet. Eles teriam pulado essa etapa da correria, que normalmente faz parte do dia a dia da galera do segmento?

E outra, ainda fizeram sucesso no Rio de Janeiro e São Paulo, sendo que eles são de Brasília. Segundo o grupo, a pandemia também acabou contribuindo para a explosão do grupo no Brasil

De certa forma, sim. Pulamos etapas. Mas não só pelo trabalho, mas também pelo momento da pandemia. O trabalho seguiu como planejado, colhendo os frutos do que já havíamos lançado. E o Menos é Mais continuou subindo cada degrau num momento onde a gente não tinha shows”, contou o integrante Jorge Farias.

“Ao mesmo tempo, o quanto que a gente viralizou, com toda a quantidade de views, a quantidade de músicas que estão no ar, com certeza fez com que a gente pulasse etapas”, completou.

O projeto Churrasquinho do Menos é Mais” foi um dos grandes responsáveis pela popularização do grupo, com milhões e milhões de views na internet. Eles já até anunciaram que vem aí a segunda edição, com participação do Belo, inclusive. Na primeira edição, que cantou junto com os caras foi o grupo Vou Zuar, de Niterói.

“Estamos diretamente do estúdio, onde estávamos ensaiando para a gravação do nosso Churrasquinho 2, que vai acontecer em julho. Estamos concentrando todas as nossas energias nesse projeto muito bacana. Apesar de estarmos em casa, estamos trabalhando para daqui a pouco levarmos muito pagode para todo mundo curtir”, contou Jorge Farias durante entrevista no programa Resenha Proibidona. 

“A gente conseguiu, através de regravações, chegar num reconhecimento nacional que não era visto antes. Com certeza, sim, pulamos etapas, mas seguimos aqui, firmes”, avaliou Jorge.

Os meninos do Menos é Mais também tiraram onda em uma live na FM O Dia, onde cantaram, pela primeira vez, com os cantores Ferrugem e Tiee. Se liga aí!