O caso de agressão de DJ Ivis à ex-exposa, Pamella Holanda, ganhou atualizações. O DJ foi indiciado pela Polícia Civil do Ceará por mais dois crimes, além de lesão corporal: ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica.

“A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) informa que concluiu, no último dia 22, e remeteu ao Poder Judiciário do município do Eusébio o inquérito policial que investigava uma ocorrência no âmbito de violência doméstica registrado, no último dia três deste mês. Com a conclusão das investigações, o suspeito foi indiciado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica”, diz a nota oficial divulgada pelo site UOL.

Ivis foi preso no dia 14 de Julho, em Fortaleza, e, no dia 15, os advogados do produtor entraram com dois pedidos na Vara Criminal de Eusébio. O primeiro, pedindo o relaxamento de prisão, e o segundo, a liberdade provisória com ou sem fiança. Entretanto, ambos foram negados.