O talento de Andressa Hayalla foi descoberto nacionalmente quando a artista participou do The Voice Brasil, no ano de 2018. Ela não levou o prêmio, mas a vocação pra música não demorou muito pra ser notada.

A jovem de Belford Roxo solta a voz no pagode, gênero que ainda tem os homens como protagonistas. Terceira atração do projeto ‘Agora é com Elas’, Andressa acredita que a reticência do público em relação às mulheres cantando esse ritmo vem, gradativamente, diminuindo.

“Ainda existe bastante resistência, mas aos poucos a gente tá conseguindo quebrar essas barreiras. De degrau em degrau, respeitando sempre o nosso tempo, o tempo dos outros artistas”, diz ela, em entrevista ao Holofote. “É muito importante porque o gênero precisa de novos rostos, novas vozes de mulheres defendendo realmente a causa, levantando a bandeira”, completa.

Há três anos, Andressa, atualmente com 26, trabalhava como gerente comercial em uma academia em Brasília, período em que havia abandonado, temporariamente, a vontade de viver da música. O sonho voltou a fazer parte da vida da compositora quando ela começou a cantar em cerimônias de casamento.

Com o reconhecimento do público conquistado graças ao The Voice, a vida da cantora mudou completamente de um dia pro outro. A parceria com Péricles, um de seus maiores ídolos, é uma das grandes conquistas dessa nova fase.

“Eu tenho o Péricles como o rei da voz”, declara. “Era algo muito distante, muito grande. Eu tinha um sonho de gravar com ele um dia, mas eu não imaginava que eu fosse conseguir essa dádiva tão rápido, com tão pouco tempo de carreira”, celebra a artista.