• 23 de dezembro de 2021 às 00:08h, atualizado em 23 de dezembro de 2021 às 00:08h às 19:15h
  • Antônio Jordão

Neste mês de dezembro, o município de Duque de Caxias, o mais populoso da Baixada Fluminense, completa 78 anos de existência. Apesar da pandemia e de toda a dificuldade envolvida, a Prefeitura de Caxias vem garantindo uma série de melhorias na saúde e nos demais setores, bem como continua planejando novas conquistas para 2022.

Confira algumas:

  • COLÉGIO PM

Em 2021, O lll Colégio da Polícia Militar Percy Geraldo Bolsonaro celebra três anos de funcionamento. Este ano, a unidade de  Duque de Caxias foi premiada em vários concursos e olimpíadas de ensino, garantindo aos alunos medalhas e certificados conquistados em competições importantes em diversas áreas de conhecimento.

Para o ano letivo de 2022, a meta é seguir com projetos semelhantes. Segundo a direção da unidade, a FUNDEC (Fundação de Apoio à Escola Ténica, Ciência, Tecnologia, Esporte, Lazer, Cultura e Políticas Sociais de Duque de Caxias) está em tratativa com a Universidade de Guadalajara para promover um intercâmbio cultural com os alunos da instituição.

Além disso, há também a  previsão de implantação de um projeto específico de iniciação científica, que será desenvolvido com os alunos do 9o ano do Ensino Fundamental, em parceria com a Secretaria Nacional da Juventude e o IFRJ (Instituto Federal de Educação do Rio de Janeiro).

  • HOSPITAL SÃO JOSÉ

Inaugurado em maio de 2020, pela Prefeitura de Duque de Caxias, o Hospital Municipal São José foi a primeira unidade pública municipal exclusiva para o tratamento da Covid-19 no estado do Rio de Janeiro. O complexo hospitalar foi entregue em tempo recorde: com 128 leitos altamente equipados em apenas 42 dias de obras. O investimento de R$ 43 milhões foi garantido com verbas dos governos municipal, estadual e federal.

O hospital foi adquirido pela Prefeitura de Duque de Caxias, antes mesmo do primeiro caso do novo coronavírus ser confirmado na cidade. Desde a inauguração, contabiliza 2.832 altas hospitalares de pacientes acometidos pela Covid-19. A unidade recebe pacientes vindos de todo o estado, através do Serviço Estadual de Regulação (SER RJ).

“Quando compramos o Hospital São José, ele estava fechado e todo depredado. Em 42 dias, fizemos toda a reforma do prédio. Compramos camas, monitores e respiradores. O São José não é um Hospital de Campanha, é um hospital que vai ficar para a cidade. Assim que tudo isso passar, vai virar o Hospital do Coração de Duque de Caxias”, afirmou Washington Reis.

Secretário municipal de Saúde de Duque de Caxias, Dr. Daniel fala sobre o legado do Hospital São José:

Atualmente, Duque de Caxias vive um momento de otimismo e grande perspectiva com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a redução significativa no número de novos casos e óbitos pela doença na cidade. No momento, o Hospital Municipal São José apresenta baixíssima taxa de ocupação de leitos, utilizando apenas 15% da sua capacidade.

A gente te mostra um pouquinho do que foi feito:

  • ILUMINAÇÃO – CAXIAS CIDADE LUZ

O programa Caxias Cidade Luz chegou pra iluminar a vida dos caxienses. Desde que foi implantado, em 2017, já instalou mais de 43.600 luminárias de led nos quatro distritos da cidade e realizou mais de 232 mil atendimentos e intervenções, como troca de lâmpadas, relês e reatores em bairros e comunidades do município. Além de proporcionar mais segurança à população, o sistema também é mais econômico porque reduz o consumo de energia.

O programa conta com um sistema de atendimento para solicitação de troca de lâmpadas e reparos na rede e que garante que os serviços sejam executados em, no máximo, 72 horas. Para solicitar o atendimento, o morador tem à sua disposição os telefones 2676-9099 e 99824-5903.

O programa já beneficiou os centros comerciais e muitos bairros da cidade. Também já contam com a nova iluminação a Avenida Automóvel Clube, em Santa Cruz da Serra. E, em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura está instalando a iluminação em led nos 15 km da Avenida Governador Leonel de Moura Brizola, a antiga Presidente Kennedy. Ao todo, são 650 novos postes e 1.420 luminárias.

  • VILA OLÍMPICA

Em Duque de Caxias, atletas amadores e profissionais têm à sua disposição grandes estruturas para o treinamento e a prática esportiva. Um desses equipamentos é a Vila Olímpica do bairro Jardim 25 de Agosto. O espaço foi totalmente revitalizado e ganhou novas quadras externas de vôlei, basquete e tênis, ginásio poliesportivo, arquibancadas, vestiários e academia de ginástica. A área conta também com o maior campo de futebol de grama sintética do Brasil.

A Vila Olímpica ganhou ainda nova iluminação em led e nova pista de atletismo com padrão para competições internacionais. Entregue pelo prefeito Washington Reis, o maior complexo esportivo da Baixada Fluminense voltou a contribuir para melhoria da qualidade de vida dos moradores e na formação de futuros atletas.

Na Vila Olímpica os usuários participam dos programas e projetos de iniciação desportiva nas modalidades de futebol, futsal, basquete, vôlei, atletismo, handebol, ginástica e tênis. No complexo, funciona um polo do programa Aqui tem Esporte que atende crianças, jovens, adultos e idosos nos quatro distritos.

A Vila Olímpica de Duque de Caxias funciona todos os dias. Das 6h às 22h para praticantes dos esportes e atividades oferecidas gratuitamente aos moradores da cidade.

Confira as melhorias:

  • HOSPITAL INFANTIL PARADA ANGÉLICA

Tendo como base o serviço de excelência prestado no Hospital Infantil Ismélia da Silveira e na UPA Infantil Walter Garcia Borges, que também recebem pacientes de outras cidades do Estado, a Prefeitura vai inaugurar o Hospital Infantil de Parada Angélica, a fim de agilizar e facilitar o acesso aos atendimentos especializados em pediatria.

A nova unidade está sendo construída em uma área total de 1.544,18 m2 e contará com uma sala de Raio x, sete enfermarias, posto de enfermagem, sala de exames, cinco consultórios, um laboratório, uma sala de ultrassonografia, sala de inalação e farmácia. O objetivo é desafogar o atendimento feito hoje nas UPHs – Unidades Pré-Hospitalares – e nas duas unidades do centro da cidade.

As obras foram retomadas no ano passado pela Secretaria Municipal de Obras e Defesa Civil e serão entregues à população em breve pelo prefeito Washington Reis, em parceria com o Governo do Estado.

“Esse hospital vai atender com dignidade nossas crianças e famílias. Porque, quando uma criança sofre, o pai sofre junto. Por isso, a gente se orgulha muito dessa obra, que terá equipamentos de última geração”, afirmou o prefeito Washington Reis.

  • MATERNIDADE

Em meio à pandemia, com necessidade cada vez maior de atendimento de qualidade em saúde, a Prefeitura de Duque de Caxias inaugurou a Maternidade Municipal de Santa Cruz da Serra. Após um ano de funcionamento, o local se tornou referência para gestantes de toda a Baixada Fluminense. A unidade já contabiliza 5.366 partos normais e 3.014 cesáreas, totalizando 8.390 nascimentos. O número de serviços prestados também superou as expectativas, contabilizando 38.904 atendimentos e 9.679 internações.

A unidade de saúde situada em Santa Cruz da Serra funciona em regime de plantão de 24 horas, atendendo mulheres com gravidez de risco habitual, com equipamentos modernos e profissionais especializados. A unidade possui centro cirúrgico, ambientes de recuperação pós anestésica (RPA), 12 enfermarias com seis leitos cada, uma enfermaria com cinco leitos, e mais três de isolamento, totalizando 80 leitos.

Secretário municipal de Saúde, Dr. Daniel celebra mais essa conquista de Duque de Caxias. Ouça:

  • NOVAS CRECHES E REFORMA DAS ESCOLAS

A partir de 2022, cinco novas creches estarão à disposição da população caxiense. As unidades, que atenderão cerca de duas mil crianças, estão sendo construídas em Imbariê, Chácaras Rio-Petrópolis, Jardim Anhangá e Parque Paulista. As obras são realizadas com recursos federais, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do Ministério da Educação.

Serão beneficiadas crianças de até três anos e 11 meses de idade. Além disso, a Secretaria Municipal de Obras e Defesa Civil de Duque de Caxias também está construindo e reformando escolas da rede municipal de ensino e unidades da Fundação de Apoio à Escola Técnica, Ciência, Tecnologia, Esporte, Lazer, Cultura e Políticas Sociais (Fundec).

O programa de melhorias das escolas municipais foi iniciado em 2017 e já beneficiou com reforma e ampliação cerca de 140 unidades de ensino. Secretária de Educação de Duque de Caxias, a professora Roseli Duarte diz estar com muitas expectativas para 2022. Ouça:

Se liga só no que vem por aí:

  • FAZENDA PARAÍSO

A Prefeitura de Duque de Caxias vai entregar, em breve, o maior Centro de Recuperação de Dependentes Químicos do país, na Fazenda Paraíso, em Xerém, no quarto distrito. O local passa por uma revitalização e vai contar com alojamentos, oficinas, criadouros de peixes, gado, fábrica de caderno, hortas, galinheiros, cursos profissionalizantes e muito mais.

“É um espaço para ocupar a mente do dependente e ele se recuperar do vício das drogas. Teremos também uma igreja, no alto do monte. A palavra de Deus também é muito importante para recuperar essas pessoas”, declarou o prefeito Washington Reis.

O novo projeto é inspirado em outros modelos de sucesso do Brasil e do exterior, como a Fazenda Esperança, da Igreja Católica; e o Instituto Carisma, em Medelín, na Colômbia. A Fazenda Paraíso acolherá dependentes de todo o Estado do Rio de Janeiro, bem como de outras regiões da Federação. A criação desse espaço é uma realização da Prefeitura de Duque de Caxias, em parceria com o Governo do Estado e a Caixa Econômica Federal.

  • SALÁRIOS

No início de dezembro, a Prefeitura de Duque de Caxias antecipou o pagamento referente à folha do mês de novembro e do 13o salário de todos os servidores. Em 2016, os funcionários chegaram a ficar até quatro meses sem receber seus vencimentos. Hoje, a realidade é outra e isso se deve a todo o trabalho e dedicação de cada servidor e ao esforço e comprometimento do governo municipal.

Os últimos anos foram de muitos desafios que foram ultrapassados com a união e a parceria de todos. A Prefeitura demonstrou, com a antecipação dos pagamentos, que os servidores são prioridade. Nesses últimos cinco anos, foram 60 meses de muito trabalho e 67 folhas pagas.

  • MOACYR DO CARMO

Inaugurado em 2008, o Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo será reformado agora, depois de 13 anos de funcionamento. O objetivo é promover a modernização e reformulação de ambientes que se encontram em condições ultrapassadas, garantindo instalações mais modernas, seguras e confortáveis para pacientes e profissionais. Alguns setores já receberam melhorias recentemente, através de outros convênios e também por meio de recursos próprios, como o quarto andar do hospital, o centro cirúrgico, o instituto de audiometria, oncologia e o hemocentro, por exemplo.

Há a previsão de implantação de mais dois elevadores, readequação de toda a parte de combate a incêndio, reforma da fachada, implementação de energia solar com a instalação de placas fotovoltaicas, para maior economia e foco em sustentabilidade.

  • CER IV

O Centro Especializado em Reabilitação (CER IV) do bairro Sarapuí oferece atendimentos voltados para a reabilitação física, intelectual, auditiva e visual. Em três anos de funcionamento, a unidade já ultrapassou a marca de 954 mil atendimentos realizados, disponibilizando aos pacientes de todas as idades tratamentos gratuitos especializados nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicologia, ortopedia, nutrição, assistência social, neurologia, neuropediatria, oftalmologia, otorrinolaringologia, urologia, psiquiatria, clínica geral e o polo de ostomizados.

Feliz com o tratamento de saúde de sua filha, Daiane de Souza Castro, dona Delcina de Souza, se emociona quando fala da diferença que o CER IV tem feito na vida da menina, que tem síndrome de down e deficiência mental. “Minha filha se desenvolveu muito. Ela chegou aqui sem falar nada, mas, aos poucos, está conseguindo se comunicar. Para todas nós, que somos mães, não há alegria maior do que ver nossos filhos recebendo tratamento médico, carinho e atenção”, declarou.

  • HOSPITAL VETERINÁRIO

Muito em breve, a Prefeitura vai atender e abrigar gratuitamente animais de pequeno porte no Hospital Veterinário e no Canil Municipal, que estão sendo construídos nos bairros Jardim Primavera e Xerém, respectivamente. Além de tratar cães e gatos, oferecendo diversos atendimentos, como vacinas e cirurgias, os animais abandonados levados para o canil municipal serão tratados com dignidade e colocados para adoção.

O Hospital Veterinário que está sendo construído em uma área de 830 m2 na Alameda Xavier Filho, próximo à Prefeitura, em Jardim Primavera, será a primeira unidade com atendimento gratuito para animais da região. Ela vai funcionar com equipamentos modernos e contará com laboratório, salas de cirurgias e de internação. Terá ainda consultórios de triagem e atendimento, salas de curativos e vacinação, sala de Raio-X, sala de ressonância, três salas de cirurgias, sala de esterilização, área de internação com dez baias, laboratório e necrotério.

Já o canil municipal, em construção na Fazenda Paraíso, vai abrigar cães e gatos abandonados no município que, depois de tratados pelos veterinários, serão colocados para adoção. O abrigo contará com salas de cirurgia, curativo, eutanásia, vacinação, triagem e esterilização, além de necrotério, laboratório, espaços para banho e tosa, espaços de internação e para recuperação dos animais. Sua área construída será de 646,2 m2.

  • HOSPITAL DO OLHO

O Hospital do Olho Julio Cândido de Brito está comemorando quatro anos de funcionamento. A moderna unidade especializada em oftalmologia conta com equipamentos de última geração.

Desde sua fundação, o hospital já realizou mais de 4 milhões de procedimentos, mais de 2,8 milhões de exames, mais de 540 transplantes de córnea e mais de 64 mil cirurgias de catarata. Entre elas, muitas histórias emocionantes de vida, como a de Caio Santos da Conceição, de apenas 6 anos de idade.

Mãe de Caio, Deise Caroline Santos da Silva, emocionada, disse que não existe sensação melhor em saber que o seu filho vai poder aproveitar a infância como todas as outras crianças. “Somente aqui eu tive a certeza de que o Caio vai ser tratado com muito amor. Eu não tenho palavras para agradecer tudo o que estão fazendo por ele. Estou muito feliz”, celebrou.

Dr. Daniel, secretário municipal de Saúde, comemora mais um aniversário do Hospital do Olho e o define como uma jóia para a população caxiense:

  • UPAs MUNICIPALIZADAS

A parceria entre a Prefeitura de Duque de Caxias e o Governo do Estado garante uma série de ações conjuntas em saúde. Recentemente, o prefeito Washington Reis e o governador Cláudio Castro assinaram a municipalização de unidades de saúde fundamentais e de grande demanda da cidade, como as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) do Sarapuí e Parque Lafaiete.

Cumprindo uma agenda de compromissos na cidade, os gestores foram recebidos por muitos moradores, que demostraram convicção de que os serviços serão realizados com excelência pelo governo municipal. “Tenho certeza de que o prefeito Washington Reis administrará as UPAs com maior carinho e eficiência no atendimento à população”, disse a moradora do bairro Jardim Gramacho, Maria Tereza Sanches, 52 anos.

A UPA Parque Lafaiete tem uma média mensal de atendimentos de 9.600 pessoas e conta com 16 leitos. Já a unidade situada no bairro Sarapuí atende a aproximadamente 6 mil moradores por mês e conta com 12 leitos. As duas continuarão oferecendo atendimento pediátrico e adulto. Para o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, a municipalização das UPAS tem um importante significado para a cidade. “Vamos administrar as duas unidades com o mesmo respeito e cuidado que temos com todos os equipamentos públicos do município. Estamos preparados pra atender com competência os moradores. Reforço que cumpriremos o nosso compromisso com a população oferecendo um serviço humanizado e eficiente”, disse o prefeito. As unidades municipalizadas em Duque de Caxias ficam nos seguintes endereços:

UPA Lafaiete – Avenida Nilo Peçanha, no 1.532 – bairro Parque

Lafaiete; UPA Sarapuí – Avenida República do Paraguai, s/no – bairro Vila Sarapuí.

  • NOVAS UBSs

Na última semana, Duque de Caxias ganhou três novas UBS, nos bairros Jardim Leal, Figueira e Vila Canaã. As Unidades Básicas de Saúde são a porta de entrada dos pacientes no SUS e funcionam com atendimentos preventivos. Todas as UBS funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com várias clínicas médicas, além de consultório dentário.

“Estamos fazendo uma revolução na atenção básica do nosso município. A população pode contar com esse primeiro atendimento na rede municipal bem perto de onde mora”, explicou o prefeito Washington Reis durante a entrega.

Nos últimos cinco anos, a Prefeitura entregou nove UBSs (nos bairros Parque das Missões, Parque Leal, Barro Branco, Cangulo e Calundu, com recursos federais, e, na Taquara, em parceria com a Coca-Cola). Todas as obras fazem parte do programa de melhorias e de expansão dos serviços de saúde, iniciado em 2017, que já beneficiou muitas unidades do município.

Nas UBSs, a população tem acesso aos programas de Hipertensão, Diabetes, Pré-natal, Saúde da Mulher, Saúde da Criança e Adolescente, Saúde do Homem, Saúde do Idoso, Tuberculose, Hanseníase, DST/AIDS, Imunização e Controle do Tabagismo.

  • CURSOS E UNIDADES FUNDEC

Criada em 2005, no primeiro governo do prefeito Washington Reis, a Fundec (Fundação de Apoio à Escola Técnica, Ciência, Tecnologia, Esporte, Lazer, Cultura e Políticas Sociais de Duque de Caxias) se tornou a primeira escola técnica municipal do estado do Rio de Janeiro. A Fundação oferece 120 cursos, entre profissionalizantes, instrumentais e preparatórios para concursos, em 22 centros de ensino espalhados pelos quatro distritos do município. São mais de 11 mil vagas ofertadas por semestre.

Em 2021, a Prefeitura de Duque de Caxias investiu em cursos ligados à área da saúde. A Fundec, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação, abriu vagas para os cursos de técnico em enfermagem e auxiliar de veterinário, que receberam juntos mais de 25 mil inscrições. Os cursos de recepcionista e agente de saúde também tiveram início este ano, junto com o curso técnico de nível médio em nutrição e dietética, este em parceria com o Colégio Carlos Gomes.

Além disso, o setor de jogos eletrônicos tem crescido bastante nos últimos anos e a exigência nesse mercado tem sido cada vez maior. Para formar profissionais capacitados, a Fundação promoveu, em parceria com a Burburinho Cultural (empresa que investe no fomento à cultura), um curso de formação de games, totalmente gratuito e on-line.

Durante este ano, também foram oferecidas 160 mil vagas em cursos on-line, através do convênio com academia americana Cisco.

  • NOVAS ÁREAS DE LAZER

Nos últimos cinco anos, Duque de Caxias ganhou novos espaços públicos, praças e áreas de lazer, além da reforma de muitas praças que precisavam de manutenção. As melhorias beneficiaram milhares de moradores que passaram a contar com locais muito mais adequados e propícios para prática esportiva e de lazer. Os espaços ganharam, além de nova iluminação em led, reforma geral e novos equipamentos.

Entre as áreas beneficiadas, destaque para as praças dos bairros Olavo Bilac, Engenho do Porto, Praça da Pioneira, da Matriz, em Santa Cruz da Serra, Praça de Parada Angélica, Praça do Canal Farias, em Saracuruna, e muitos outros.