• Geizon Paulo

Luan Santana vai investir na carreira internacional em 2021. (Reprodução/Instagram)

O ano de 2021 deve marcar a entrada de Luan Santana no mercado internacional. O cantor, que teve um 2020 bastante intenso por causa da pandemia e questões envolvendo sua vida pessoal, aproveitou a agenda bem mais livre devido à crise sanitária mundial para trabalhar no projeto, que já era um sonho antigo do cantor.

“Uma das coisas boas dessa pandemia foi poder ter focado mais nesse projeto. Me reconectar, aprender sobre novas culturas, estudar idiomas. Estou fluente”, disse Luan, que pretende focar no mercado latino, com canções em espanhol.

Boa parte do processo criativo do álbum que está por vir foi desenvolvido no México, para onde o cantor viajou em outubro. “Fui encontrar com alguns produtores e músicos latinos. Cheguei acompanhado do meu produtor e de outros dois compositores aqui do Brasil, e foi extremamente revigorante. Foram muitos meses no Brasil, e em casa, por causa da pandemia. Sair, ganhar novos ares, ajudou até na criatividade e inspiração”, contou Luan.

Ele está confiante que esse novo passo na carreira será tão bem sucedido quanto todos os outros que já deu. “Modéstia à parte, sinto que serei agraciado mais uma vez. As músicas são maravilhosas e todo o conceito envolvido também. Estou preparando tudo com muito amor, como sempre”, disse.

Em outubro, Luan viajou para o México com o produtor Lucas Santos e os compositores Matheus Marcolino e Rapha Lucas para compor músicas para o projeto internacional do cantor. (Reprodução/Instagram)

O cantor também aposta no apoio dos fãs para ir além e diz que eles têm grande responsabilidade na decisão de apostar na carreira internacional. “Gosto do novo, de ser desafiado, trazer novidades e criar para meu público. O estímulo para a carreira internacional vem deles. Quero sempre me arriscar nesse universo. Provar que a música não tem fronteiras”, finalizou.