• Geizon Paulo

Luan Santana lança música e clipe com renda revertida para o Pantanal. (Reprodução/Instagram)

Luan Santana libera nesta quinta-feira (12) sua mais nova música, “Um Grito Entre As Cinzas”, composta especialmente para ser tema do movimento “O Pantanal Chama”, criado pelo cantor com o objetivo de arrecadar fundos para a preservação do Pantanal, região que sofreu bastante nos últimos meses com as queimadas, perdendo mais de 25% de sua área. O lançamento acontece justamente na data em que se comemora o Dia do Pantanal.

A música, uma composição do próprio Luan em parceria Matheus Marcolino, estreia, já no formato de clipe, às 21h, no canal National Geographic, e em seguida no canal oficial de Luan no Youtube. Nas plataformas digitais de música, “Um Grito Entre As Cinzas” estará disponível a partir das 22h.

Toda a renda obtida com os streamings da canção serão revertidos para o projeto “O Pantanal Chama” e para o Instituto SOS Pantanal, que atua na conservação do Pantanal e tem agido com bastante empenho na recuperação do bioma desde o início das queimadas.

Capa do novo single de Luan Santana, “Um Grito Entre As Cinzas”. (Reprodução/Instagram)

Além do lançamento da música e do clipe, Luan Santana também fará uma live em prol da preservação do Pantanal, direto da região. O show online será realizado no dia 22 de novembro, das 17h às 21h, em um palco que será projetado sobre uma piscina. Como não há Internet disponível no local, será utilizado um sistema inédito para a transmissão no meio do rio Paraguai.

O cantor esteve na cidade de Corumbá nesta quarta-feira (11) para conhecer o local de realização da apresentação e para acompanhar de perto os estragos causados no Pantanal. “Quis ver com os meus próprios olhos como está a situação. Fiquei tão impactado em me deparar com aquele paraíso assim, todo cinza, como uma cena de filme de guerra. Eu até entendo que a gente mora longe e se sinta pouco afetado por tudo isso que está acontecendo. Sabemos que bichos morreram, que área gigantesca foi devastada, mas, às vezes, a gente não entende como isso pode afetar a vida da gente. A minha visita hoje é para descobrir essas respostas. E lutar para que muitos possam me ajudar”, disse Luan.

Luan esteve no Panatanal para conhecer o local da live do próximo dia 22 e ver de perto a destruição no Pantanal. (Reprodução/Instagram)