• 11 de janeiro de 2022 às 13:02h, atualizado às 14:58h
  • Clara Oliveira

Em entrevista ao podcast Bulldog Show, apresentado por Tuka Carvalho e Samyra Ponce, Latino voltou no tempo e relembrou os bastidores do ensaio que fez para a G Magazine, revista adulta voltada para o público homossexual masculino, que encerrou as atividades no ano de 2013. O artista, que recebeu R$ 200 mil pra posar nu, revelou que teve dificuldades com a ereção durante a sessão de fotos.

“Os caras me dão 200 mil reais pra botar o p*nto pra fora. Eu já coloquei tantas vezes de graça. Foi esse o meu pensamento. E eu lembro que eu precisava quitar o apartamento de uma filha minha. Ou dar de entrada, não lembro agora. Eu pensei: ‘Vou botar o p*nto pra fora e ganhar essa grana, mas eu não tava pensando nas consequências disso”, recordou o cantor. “Eu não fiquei de p*u duro o dia inteiro, p*u meia bomba pra car#lh*, fiquei desesperado”, completou.

Em seguida, Latino, que descreveu a experiência como constrangedora, abriu o jogo e contou que precisou do auxílio de um shake afrodisíaco e de um “bola gato de veludo” pra conseguir cumprir o contrato. Como o próprio explicou, “quando você assina o contrato, o p*u tem que ficar duro”.

“Chegou no dia seguinte, o produtor me perguntou qual era o tipo de menina que eu gostava. Ele me deu um shake afrodisíaco e aí eles arrumaram uma menina pra mim. Eu tive que usar uma situação… Um ‘bola gato de veludo’ porque eu não conseguia, tava transtornado. Sexo é tudo na cabeça, se você se concentrar, consegue. Mas naquela situação ali, não dava […] A menina teve que trabalhar em cena pra eu conseguir fazer as fotos. Se passasse do terceiro dia e eu não conseguisse, eu ia ter eu ia ter que devolver o dinheiro”.

Confira a entrevista completa: