A curitibana Karinah é a primeira atração do ‘Agora é Com Elas’, novo projeto da FM O Dia, que tem como principal objetivo dar voz e mais visibilidade às mulheres. Nesta edição, serão cinco dias dedicados ao samba e ao pagode, gêneros tradicionalmente dominados por homens.

“As pessoas precisam se acostumar novamente a ouvir mulher cantando pagode e samba”, declara a cantora ao Holofote. “Esse projeto da rádio é uma forma da gente chegar no coração das pessoas, do público conhecer a nova geração, que tá cantando pagode lindamente, fazendo uma entrega bonita”, completa.

Mãe de 4 filhos, Karinah iniciou sua carreira aos 12 anos, cantando em festivais. Hoje, aos 40, coleciona parcerias com Sorriso Maroto, Belo e Mumuzinho, e quer ir além: pensando em abrir mais portas pras mulheres, como aconteceu no sertanejo, a artista gravou, recentemente, um projeto com 27 convidadas, entre musicistas, cantoras e sambistas, unindo diferentes gerações do pagode.

“As pessoas precisam se saciar de coisas boas. E o pagode e o samba só trazem alegria pro povo”, diz Karinah sobre o trabalho, que ainda não tem data pra ser lançado.

A pandemia pode ter impactado diretamente a classe artística, mas isso não significou ausência de trabalho. Esse foi o caso de Karinah, que já tem um projeto de samba gravado e pronto pra ser lançado próximo ao carnaval, com participações de Dudu Nobre e do grupo Fundo de Quintal.

Além disso, a cantora pretende gravar, em breve, o audiovisual “Fases do amor” que vai reunir convidados como Alcione, Naiara Azevedo, Sorriso Maroto, Mumuzinho e Andressa Hayalla (mais uma atração do ‘Agora é com Elas’), transformando diversas épocas da vida da sambista em música.

MANSÃO DA XUXA

Recentemente, o nome de Karinah estampou os mais diversos portais de notícias quando se tornou pública a informação de que ela havia comprado a mansão de Xuxa. A cantora, porém, revelou que não gosta de se aprofundar no assunto, alegando ter “coisas que são muito mais importantes pra falar”.

“Eu comprei uma casa pra criar meus filhos. Uma casa grande, confortável”, iniciou a artista. “A dona da casa é muito conhecida, mas eu a conheço de forma diferente. Conheço como uma pessoa maravilhosa, uma querida. Só que claro, né, ela é uma rainha. Quando deu essa repercussão eu levei um susto”.

“Isso pra mim é ‘oba oba’. Eu gosto de falar, eu gosto de trabalhar. Eu sou muito simples e eu quero mesmo é ter a minha vida tranquila e fazer música”, finalizou Karinah.