• 28 de janeiro de 2022 às 16:57h, atualizado às 17:21h
  • Clara Oliveira

Assunto polêmico na área… Em entrevista ao podcast Bulldog Show, Giba, ídolo do vôlei brasileiro, opinou sobre a legalização da maconha e também sobre a utilização da substância no ambiente esportivo. Para o ex-atleta, são situações completamente diferentes e, por isso, seu pensamento também difere entre elas.

De acordo com ele, a maconha é um doping social e não traz nenhum benefício em relação ao esporte.

“A legalização é uma coisa. A maconha no esporte é outra. Até porque é uma coisa que não traz benefício nenhum. É um doping social, porque nós somos o exemplo. Em relação ao esporte, eu sou contra, porque o esporte tem que dar o exemplo, tem que ser o espelho, principalmente pras crianças”, argumentou.

Já sobre a legalização, o medalhista olímpico se diz a favor, e usou como exemplo países em que o uso da maconha não é proibido.

“Você vai cortar muitos males pela raiz se legalizar. Você corta o tráfico, um monte de coisas, como na Holanda, Estados Unidos, Canadá, países em que a maconha é legalizada, você não vê tanto roubo, assassinato, nada disso. Sou a favor de legalizar a maconha para que seja uma coisa medicinal. A gente tá vendo aí diversos medicamentos que vêm da cannabis e que tão dando resultado”, pontuou Giba, que completou:

“Sou a favor da legalização porque vai cortar muito aquele negócio do “vou querer o que eu não posso”, mas dentro do esporte eu continuo sendo contra”.

Confira a entrevista completa: