• 14 de janeiro de 2022 às 18:00h
  • Clara Oliveira

Versatilidade é, com certeza, uma das marcas de Ferrugem, que fez seu nome cantando pagode, mas busca sempre passear por outros gêneros. Em entrevista ao Bulldog Show, podcast apresentado por Tuka Carvalho e Samyra Ponce, o cantor revelou que sonha em gravar com Djavan, um dos grandes nomes da música brasileira e que, assim como Ferrugem, também mescla diversos estilos musicais, entre eles jazz, blues e samba.

“Sem dúvidas, é um sonho, de repente só de ter a oportunidade de trocar uma ideia. Isso, pra mim, já tá de bom tamanho, e a música que a gente poderia, de repente, gravar, eu não precisaria lançar também não. Poderia ser pra eu ouvir na minha casa, mas é porque eu sou muito fã do Djavan. Cantar com ele seria a realização de um sonho”, declarou.

Uma parceria seria um baita presente, é claro, mas segundo ele, uma conversa, um bate-papo, já são mais do que suficientes. E foi o que aconteceu com Caetano Veloso, por quem foi convidado para apresentar um programa especial de Natal. Ferrugem relembrou o dia em que foi conhecer a casa do artista.

“A gente [ele e Thaís] foi lá na casa do Caetano Veloso conhecer o cara. Muito mais legal que, de repente, ter um plano ali pra gente poder gravar algum trabalho, chegar lá e estar cheio de gravadoras. Muito melhor foi conhecer esse convite porque ele queria me conhecer, de tanto que ele tá me ouvindo, olha que loucura”, contou o compositor, que definiu a experiência de presenciar um show “particular” de Caetano como uma das melhores de sua vida.

Confira a entrevista completa: