• Geizon Paulo

Jonathan Couto vai se candidatar a vereador, usando o sobrenome Pôncio. (Foto: Reprodução/Instagram)

Conhecida por polêmicas que envolvem reconhecimento de paternidade, traições, ostentação e desentendimentos familiares, a Família Pôncio volta a mirar na carreira política, dois anos depois de o patriarca do clã, o pastor Marcio Poncio, ter se candidatado a deputado federal em 2018. A bola da vez é o genro do pastor, o cantor e influenciador Jonathan Couto, que se lançará candidato a uma vaga na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro nas próximas eleições.

Para quem não lembra, em 2018, Jonathan foi reconhecido como pai da, então, filha do cunhado, o cantor Saulo Pôncio, ex-integrante da banda UM44K. A coluna Holofote explica: Casado com Sarah Pôncio, filha de Marcio e irmã de Saulo, Jonathan traiu a mulher com a atriz Letícia Almeida, que, na época, namorava Saulo. Ela acabou engravidando, mas o verdadeiro pai só foi descoberto após exame de DNA, feito meses depois do nascimento do bebê, quando o ex-integrante do UM44K já tinha se apresentado como pai da criança.

Com 1,6 milhão de seguidores no Instagram, atualmente, Jonathan é responsável por administrar alguns negócios da família, como uma rede de hamburgueria e uma fábrica de cigarros, presidida pelo sogro, da qual é sócio. Apesar de ainda não divulgar ser candidato à próximas eleições, Jonathan já teve sua candidatura oficializada em convenção partidária do MDB, realizada na segunda-feira (14).

Para se valer do “prestígio” da família nas urnas, Jonathan Couto vai até mudar de nome para as eleições, passando a usar “Jonathan Pôncio” na campanha. Para não dar a impressão de que o uso do sobrenome famoso tem apenas intenções eleitoreiras, o influencer e a mulher, que têm três filhos, deram entrada no cartório este mês para oficializarem o casamento.