• Antônio Jordão

Segundo o jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, nesta quarta-feira (14), Marlene Mattos registrou um boletim de ocorrência, acusando Xuxa Meneghel de calúnia, e usou uma declaração feita à revista Veja que foi publicada no dia 27 de janeiro.

Nenhuma audiência foi feita até agora por conta da Covid-19. O registro foi feito no dia 29 de janeiro, dias depois da entrevista, mas só foi parar no Tribunal de Justiça em meados de março.

Na entrevista, Xuxa fala como se todos a tivessem enganado e cita o nome de sua ex-empresária, Marlene :

“Olha, eu poderia ser duas ou três vezes mais rica. Fui tudo o que as pessoas imaginam: enganada, usada, manipulada, roubada. Quando falo disso, vem logo a imagem da Marlene, mas não foi só ela. Insisto em dizer que confiei demais em todas as pessoas próximas a mim. Fui passada para trás por coreógrafo, maquiador, fotógrafo. Digo, sem vergonha, que fui inocente, boba, burra mesmo.”

A assessoria de Xuxa foi procurada, mas não retornou o contato, e a de Marlene Mattos também.

Parece que o bicho vai pegar, hein…