• alanramirez

Hoje, com mais de 4,5 milhões de seguidores, Ney Lima é um sucesso nas redes sociais. Mas, nem todo mundo conhece a história de luta e suor do influenciador no passado, período que até no lixão teve que trabalhar para ajudar sua mãe no sustento da casa. Ney se lembrou dessa época no papo dessa quarta, no programa Resenha Proibidona:

“Eu não gosto de ficar me vitimizando nem nada, mas eu catava lixo. Eu tive que parar de estudar, isso em 2011, porque eu tinha que procurar um meio de ajudar minha mãe aqui dentro de casa. (…) minha mãe recebia um bolsa-família, que era o que matava a nossa fome.”

Criativo e inteligente desde cedo, Ney logo percebeu que existiam horários melhores para catar o lixo no aterro sanitário. Por esse motivo, começou a trabalhar por volta de meia-noite para tentar conseguir mais dinheiro:

“(…) com a lanterna ligada, meia-noite, juro pra vocês! Íamos abrindo as sacolas para reciclar lata, plástico, papelão e de manhã cedo já íamos para casa descansar para de noite a gente voltar de novo.”

DIAS DE LUTA, DIAS DE GLÓRIA

No vídeo abaixo, Ney conta que hoje ele compra o que quiser e narra uma trajetória de garra e superação. Vem assistir!