• 18 de março de 2022 às 16:26h, atualizado às 16:34h
  • Clara Oliveira

Tem lançamento de Julia Bacellar na área, hein! A DJ e cantora, que comanda o programa Pra Todas Elas, todas as sextas, 22h, na FM O Dia, lançou a faixa “Não Conta Pra Ninguém”, em parceria com o DJ e produtor Rennan da Penha, que também é seu empresário.

A música chegou às plataformas digitais nesta segunda (15) e veio acompanhada de um clipe, que  traz como referência os videoclipes “Amor à Segunda Vista” e “Proposta”, onde Julia interpreta uma mulher de negócios que se envolve com um dos seus funcionários.

Confira o resultado:

“Eu não gosto de moleque que explana para todo mundo”, diz Bacellar em um dos versos do funk escrito por ela e produzido por Rennan. “A gente já tinha a intenção de fazer uma música juntos, e acabou que eu escrevi essa lá nos estúdios da Hitzada. Na hora, eu falei ‘cara, essa música combina muito comigo e com o Rennan, vou mostrar pra ele e ver se ela gosta e quer produzir’. Na mesma hora que ele escutou, super topou e é um dos nossos primeiros trabalhos juntos”, contou a DJ, que antecipou que, em breve, os dois vão trabalhar juntos novamente.

Rennan também falou sobre o projeto e sobre a parceria com Júlia, que faz parte do casting da sua produtora Hitzada. Para ele, Bacellar será um dos principais nomes do funk carioca nos próximos anos.

“A Julia é uma artista brilhante, toca, canta, dança e produz. em breve, vamos ouvir falar muito dela, no Brasil todo. Fiquei muito feliz com o convite, que aceitei de imediato e acredito que o público vai se amarrar nesse lançamento”, declarou.

JULIA BACELLAR

A história de Julia Bacellar com os palcos começou bem cedo, mais precisamente na infância, quando cantava no coral da igreja. No ensino médio, cursado no Colégio Pedro II, em São Cristóvão, as aulas de música despertaram, ainda mais, a vontade de investir no ramo. Foi na faculdade, no entanto, que Júlia mergulhou de vez na profissão de DJ.

Aluna da UFRRJ, em Seropédica, a artista formada em Engenharia Florestal passou a tocar como DJ nas festas da faculdade, incentivada por amigos da área. “Conheci vários amigos DJs e eles me influenciaram e me ensinaram a ser DJ”, contou ela.

Apesar de atuar como DJ há 7 anos, Julia, de 27, citou a falta de representatividade no meio como um dos empecilhos em sua trajetória. “Eu, como mulher, não tinha nenhuma referência de DJ mulher, não existia quando eu comecei, não tinha uma mulher pra eu me espelhar. Foi muito novo pra mim, a única DJ mulher que eu conhecia na época era a Iasmin Turbininha, mas ela fazia um trabalho um pouco diferente, era mais produtora”.

Para além dos sets, as inspirações de Julia na música, sobretudo no funk, são artistas como Anitta, Pocah e Ludmilla. “Sempre escutei muito Anitta, Pocah, que é das antigas, Ludmilla”, listou Bacellar. “Eu acabava tendo que me guiar por outras vertentes porque [esse ambiente] era muito machista, ainda é, mas naquela época era muito mais”, completou.

Em 2022, a DJ e cantora pretende investir, ainda mais, nos vocais e também na área de produção musical. “É uma área que eu quero me aprofundar mais, que eu tô estudando. Quero participar de todo o processo criativo, desde a batida até o roteiro do clipe”, finalizou.