• vanessavense

A união de Mc Marcelly e Frank está nos assuntos mais comentados do momento. Após o escândalo de violência doméstica e cárcere privado vir à tona no início da semana, a juíza Rachel Assad optou por manter Frank preso preventivamente.

Para quem não entende desses assuntos mais barra pesada, a prisão preventiva é utilizada como um instrumento do juiz em um inquérito policial ou já na ação penal, ou seja, ela é um instrumento processual. Ocorre quando o crime atinge a honra e integridade moral da pessoa, como no caso das agressões sofridas pela funkeira. “Indefiro a liberdade provisória e converto a prisão em flagrante em prisão preventiva, como forma de garantia da ordem pública e por conveniência da instrução criminal”, afirmou a juíza.

A cantora afirmou que não sofreu agressão física durante o período de cárcere privado, mas confessa que no dia 18 de abril, foi agredida por Frank. Durante depoimento à Polícia Civil, a Mc descreveu o companheiro como “pessoa dissimulada, violenta, agressiva, possessiva e controladora”.

De acordo com pessoas que frequentavam a residência do casal, Frank agia como se a cantora fosse propriedade dele. Ele a proibia de ter amigos e fazia com que os amigos dele fossem os dela, e não a deixava sair sozinha. Marcelly não tinha vida social. Ela só trabalhava e convivia dentro de casa com os gritos e grosserias do marido.

Um vizinho que não quis botar a cara, deu com a língua nos dentes dizendo: “Não só eu, como alguns moradores suspeitávamos que ela era mantida em cárcere. Os toldos do apartamento dela nunca foram levantados. Quando ela andava com ele era sempre de cabeça baixa, a filha quase nunca vinha ao condomínio e, quando vinha, vivia sozinha na área de lazer e contava muitas histórias, mas a gente não sabia até onde era verdade”, explanou o morador.

Em fotos e áudios chocantes, além de conversas entre Frank e a sogra revelam uma rotina de violência sofrida pela cantora. Confira as imagens dos hematomas que o marido deixou em Marcelly:

 

Se liga na treta: No último domingo (02), após denúncia feita pela cunhada da cantora, a polícia invadiu a residência do casal e levou-os para a 24º DP. Frank está sendo acusado de agredir e manter Mc Marcelly em cárcere privado na casa do casal, na Zona Norte do Rio de Janeiro.