• 04 de maio de 2022 às 14:49h, atualizado às 16:52h
  • Clara Oliveira

Nascido em 1994, na Zona Norte, Thauan Machado, artisticamente conhecido como El Pavuna, participou do projeto Crias da Pagodeira e, no estúdio Mundo FM O Dia, o cantor e compositor apostou em um repertório com a missão de resumir sua trajetória como artista, formado por canções autorais de sua recente discografia e também por músicas que o influenciaram a seguir essa profissão.

Em uma apresentação pra não deixar ninguém parado, El Pavuna apostou em pout-pourris de clássicos do samba e pagode, bem como composições suas, como a atual música de trabalho, “Pro Amor Acontecer”, que ganhou uma versão exclusiva no Crias da Pagodeira.

“Pro amor acontecer é uma canção de minha autoria, compus na janela do meu quarto há uns anos, mais uma diante do tal “Céu da Zona Norte às Cinco e meia”. Corri pro quarto ao lado pra mostrar pra minha mãe, que se emocionou. E isso me emociona até hoje. Quem me conhece sabe que, apesar de ser um entusiasta do partido-alto, minhas referências dos anos 90 falam muito alto quando o assunto é canção, e acho que tudo isso está presente de alguma forma nessa música. Torço pra que ela seja capaz de tocar no fundo do coração de quem estiver aberto a escutá-la, e que assim, o amor aconteça”, declarou El Pavuna.

Confira a apresentação:

No primeiro álbum de El Pavuna, “Vide o céu da zona norte às cinco e meia”, lançado em dezembro de 2021, com produção musical assinada por Wilson Prateado, o cantor divide os vocais com Jorge Aragão. O samba, composto por Arlindo Cruz, Acyr Marques e Chiquinho Vírgula, é a primeira faixa do disco.

Assista ao clipe:

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.