• Geizon Paulo

Canal do KondZilla no Youtube, o maior da América Latina e o sétimo maior do mundo, conquistou 60 milhões de inscritos. (Reprodução/YouTube)

Maior canal do YouTube no Brasil e já considerado o maior da América Latina, o canal do KondZilla atingiu nesta terça-feira (1) a impressionante marca de 60 milhões de inscritos, feito inédito para um canal de música na plataforma de vídeos.

Responsável por alguns dos maiores hits do movimento funk nos últimos anos, como ‘Olha a explosão’, do Kevinho, e ‘Bum bum tam tam’, de MC Fioti, o canal do KondZilla reúne mais de 1.500 clipes e acumula mais de 31 bilhões de visualizações, sendo o sétimo maior canal de vídeos do mundo.

No Instagram, o perfil oficial do Kondzilla comemorou a conquista. “Obrigado a todos que fazem parte dessa história, juntos somos vozes, juntos somos mais fortes! Favela venceu!”

O canal do KondZilla foi criado há oito anos por Konrad Dantas, o Kond, um dos sócios da produtora de conteúdo que se tornou a maior gravadora do segmento funk no país, responsável hoje por gerenciar a carreira de mais de cem artistas, entre eles Kevinho, Lexa, MC Lan e MC Kekel.

“O YouTube nos trouxe até aqui e é muito importante na nossa estratégia. Cada vez mais estamos diversificando e nos consolidando em diversas frentes como uma companhia de multiplataformas, sempre inovando e em linha com as tendências do mercado audiovisual e musical”, disse Kond, em comemoração à marca inédita.

Konrad Dantas, o Kond, sócio fundador do KondZilla, foi escolhido como um dos ‘100 Afrodescentes Mais Influentes do Mundo’. (Divulgação)

No ano passado, Konrad Dantas teve seu trabalho reconhecido mundialmente ao ser apontado como um dos ‘100 Afrodescentes Mais Influentes do Mundo’ em uma lista preparada com o apoio das Organizações das Nações Unidas.

“É uma honra estar entre os 100 Afrodescentes Mais Influentes no Mundo, propagando a nossa cultura de favela. Essa lista reconhece as contribuições positivas realizadas por afrodescendentes mundo afora, com o apoio da ONU. Ser homenageado por eles é mais do que um sonho: é olhar para dentro e entender que tudo vale a pena, quando se acredita e se trabalha duro”, disse Kond na época.