• Antônio Jordão

Beth Carvalho

2019 já pode acabar? Mais uma notícia triste para nós, principalmente para os amantes do samba. A cantora Beth Carvalho faleceu na tarde de hoje, após 2 meses internada. 

“Agradecemos todas as manifestações de carinho e solidariedade nesse momento. Beth deixa um legado inestimável para a música popular brasileira e sempre será lembrada por sua luta pela cultura e pelo povo brasileiro. Seu talento nos presenteou com a revelação de inúmeros compositores e artistas que estão aí na estrada do sucesso. Começando com o sucesso arrebatador de “Andança”, até chegar a Marte com “Coisinha do Pai”, Beth traçou uma trajetória vitoriosa laureada por vários prêmios, inclusive um Grammy pelo conjunto da obra. Assim que possível, informaremos sobre o sepultamento”, destacou Afonso Carvalho, empresário da artista, através de um comunicado.

“Ela não é doente, ela é mutante, ela é quem sabe, ela é saúde, ela é o samba. Ela é um país”

A sambista já sofria com problemas de saúde há alguns anos e vinha se apresentando deitada em uma cama. Sua filha, em determinado momento, chegou a se manifestar sobre o fato através das redes sociais e destacou a força da mãe:

“Ela vai cantar deitada. Esse touro bicho fera indesabável voz ancestral. Num divã, que é na verdade o que fazemos todas quando cantamos: somos horizontais. Somos o corpo. Suturamos a caixa torácica em ossos, sangue, coração. Isso é história, nunca houve o samba deitado. Quem não gosta de samba é doente da cabeça aos pés. Ela não. Ela não é doente, ela é mutante, ela é quem sabe, ela é saúde, ela é o samba. Ela é um país. Deitado como ele está. O país doente, ela sã. Que orgulho eu tenho dessa mulher. Que honra esse ser de coragem ter um dia deitado também pra parir a mim. Vai, minha mãe, canta como for, até o fim você é infinita!

“Vai, minha mãe, canta como for, até o fim você é infinita”