• Antônio Jordão

Thaís Picoli deu uma entrevista pra revista Quem e disse que está confiante no jogo que seu irmão, o brother Arthur Picoli, tem feito, pois ele tá sendo verdadeiro em todos os aspectos.

“Arthur tem sido o que é aqui fora, apesar de ter tido alguns momentos de conflitos internos que o fizeram se perder não só no jogo, como em relação a ele mesmo e seus sentimentos”, disse Thaís.

Ela ainda revelou que Arthur é muito reservado, embora tenha um temperamento mais explosivo quando alguém ‘pisa em seu calo’. E continua:

“Ele é muito tranquilo, dono de um coração extremamente bom, muito solícito, ama ajudar quem precisa. Acredito que não só o Arthur, como todos os outros participantes, sejam ótimas pessoas, só que ali, entraram com o objetivo de ganhar o prêmio do jogo. Cada um tenta sobreviver no jogo da forma que acredita ser a melhor.”

 

Achou que ia ficar só nisso? Não! Thaís elogiou Carla Diaz, ex-participante do BBB 21, que teve um relacionamento com ele enquanto estava na casa:

“Acredito que o romance ajudou o Arthur como ser humano. A Carla é uma mulher forte e o ajudou demais a entender muitos dos seus sentimentos. Mas, de fato, no jogo, acho que ele se perdeu por conta dos seus próprios sentimentos. No entanto, de forma alguma acredito que tenha sido a Carla que o atrapalhou, mas ele mesmo, já que não soube lidar com o fato de ter se apaixonado dentro de um jogo. Arthur é intenso e ali não podia se doar por completo, uma vez que eram várias as situações envolvidas: amizade, romance e jogo. Torço muito pela felicidade de ambos, se for pra ser juntos, ótimo, mas se não for dessa forma, que mantenham uma linda amizade.”

E ninguém melhor que alguém da família pra avaliar o desempenho durante o jogo. Thaís contou inclusive, que a família inteira teve que lidar com muitos ataques de ódio por parte de diversas pessoas, por conta do jogo de seu irmão. Mas fica orgulhosa da galera que se tornou fã dele.

Revelou também um ponto fraco que o brother tem que tomar cuidado: insegurança. De fato, isso pode ser um fator chave pra atrapalhar sua vida dentro e fora da casa. Mas, que apesar de tudo, se ele for o vencedor os planos são de investir no mundo fitness.

“O Arthur sempre sonhou em abrir um Box de Crossfit e, consequentemente, melhorar sua vida e da família, além de dar continuidade aos projetos sociais que realizava em Conduru e cidades vizinhas. Além disso, Arthur sempre acreditou que a visibilidade que o programa oferece, o ajudaria de alguma forma”, disse.

E aí?! O que acharam?!