• Geizon Paulo

Isadora Vieira, filha caçula do cantor Belo, deixou a prisão nesta segunda-feira (Reprodução/Instagram)

Depois de ficar presa durante cerca de um mês no Instituto Penal Santo Expedito, em Bangu, no Rio de Janeiro, Isadora Alkimin Vieira, filha caçula do cantor Belo, deixou a prisão nesta segunda-feira (07/12). Uma decisão do Tribunal de Justiça revogou a prisão preventiva dela e de outras seis mulheres, suspeitas de fazerem parte de uma quadrilha que aplicava golpes eletrônicos.

Por determinação da Justiça, a filha de Belo e as outras mulheres vão responder ao processo em liberdade, desde que cumpram medidas cautelares, como informar às autoridades sobre suas atividades uma vez por mês, não entrarem em contato com as supostas vítimas dos golpes e não saírem de casa à noite ou nos dias de folga.

Isadora, que tem 21 anos e é estudante de Odontologia, foi presa após denúncias de fraudes bancárias cometidas por uma quadrilha, da qual ela faria parte. O golpe consistia em induzir vítimas a repassarem seus dados bancários e entregarem seus cartões a motoboys, que também integravam a organização criminosa e faziam a limpa nas contas das vítimas. A filha de Belo e outras 11 mulheres foram presas durante operação da Delegacia de Combate às Drogas em um apartamento em Jacarepaguá, que funcionava como uma espécie de central de telemarketing do grupo.

Isabella é estudante de Odontologia, mas é suspeita de integrar quadrilha que praticava golpes com cartões de bancos. (Reprodução/Instagram)

Na época da prisão, o cantor Belo se disse surpreso com a notícia: “Eu não sabia de absolutamente nada, falei com ela semana passada por telefone e ainda perguntei de tudo, da faculdade e tal. Dei sempre todo suporte como pai, pensão, faculdade, educação e amor. Me sinto muito triste e quero ser respeitado nesse momento”, disse o artista.