• FM O Dia

Resenha Proibidona no ar e sabe o que isso significa? Alguma polêmica virá à tona! E no último episódio não foi diferente.

A cantora Naiara Azevedo, após ter sido bastante criticada na internet, revelou os bastidores de uma reunião com o Presidente Jair Bolsonaro. Ela contou que, por conta da agenda, não votou nas últimas eleições e ressaltou que, portanto, não optou por Bolsonaro nas urnas. A sertaneja disse que o encontro não teve cunho político e que se fez presente para cobrar um posicionamento oficial sobre a sua “classe”. 

Naiara lembrou que era um momento muito crítico do entretenimento e destacou que tinha noção do número de pessoas desempregadas por conta da pandemia.

“A gente fez um grupo no Whatsapp de artistas do Brasil inteiro e a gente ficou mais de um mês discutindo. As pessoas têm que entender que, nós, artistas, pode acontecer de reduzir o patrômino mas, graças a Deus, não vai faltar o arroz e feijão na mesa, mas tá faltando na dos meus irmãos”, contou.

Ela continuou: “O que a gente foi fazer, foi sem cunho político (…)

Eu não votei no Bolsonaro, eu não votei em ninguém. Já tem umas duas ou três eleições que eu não voto (…)

Eu fui lá representar a minha classe, pra entender da presidência o que vai rolar pra gente, pro nosso meio. Eu fui como cidadã”, disse.

A cantora ainda destacou que não tem poder sobre o que o Presidente fala:

“Eu não tenho poder sobre as palavras que saem da boca do Presidente do Brasil. Se ele ofendeu alguém, saiu da boca dele e não da minha. Eu estava lutando pelos direitos da minha classe, destacou.