Pássaros
Projota e Lourena


Pássaros
(Indisponível)

Eu era um pássaro e só eu sei Por onde eu já voei Entre as nuvens sobre os mares Os lugares que eu passei E do nada e do nada E do nada eu te avistei Não há nada não há nada Como quando eu pousei em você Sempre amei demais minha liberdade Mas não tanto quanto amo você Talvez porque eu só me sinta livre Tendo seu olhar pra me prender E eu andava tão confuso Como se meu fuso horário não fosse daqui Tinha medo do seu mundo Mas bem lá fundo eu não queria te ferir E eu voava por todo céu Bem mais perto do sol Bem mais longe do seu colo E eu queria só te levar Que é pra a gente morar No horizonte onde eu moro Te entreguei uma das minhas asas Tudo em troca do seu coração Pra você poder voar comigo Quando eu segurar sua mão E então eu segurei a sua mão E nos tornamos um só desde então Eu era um pássaro e só eu sei Por onde eu já voei Entre as nuvens sobre os mares Os lugares que eu passei E do nada e do nada E do nada eu te avistei Não há nada não há nada Como quando eu pousei em você Em você, em você, em você E eu voava por todo céu Bem mais perto do sol Bem mais longe do seu colo E eu queria só te levar Que é pra a gente morar No horizonte onde eu moro Te entreguei uma das minhas asas Tudo em troca do seu coração Pra você poder voar comigo Quando eu segurar sua mão E então eu segurei a sua mão E nos tornamos um só desde então Eu era um pássaro e só eu sei Por onde eu já voei Entre as nuvens sobre os mares Os lugares que eu passei E do nada e do nada E do nada eu te avistei Não há nada não há nada Como quando eu pousei em você Em você, em você, em você