Ciúme
Marcell Vale


Ciúme
(R.C, Marcell)

Desculpa esse meu jeito de criança Esse ciúme sem explicação Desculpa se eu brigo a toa Viro outra pessoa, perco a razão Brigo por brigar e invento coisas que não tem Cismo que flagrei você olhar pra outro alguém Não sei se é loucura ou se chama obsessão É que minha mente não escuta o coração Amor desculpa Eu sei você não dá motivo algum Eu sei esse ciúme é incomum É minha culpa E esse egoísmo de querer você pra mim E essa insegurança não parece ter um fim, um fim... Eu queria tanto te provar Que sou capaz de superar Amor, eu vou mudar esse meu jeito tão louco de amar Vem Eu sei que posso prometer Só hoje pude entender, que o meu ciúme é menor que o amor por você