Marca registrada
Inusitados


Letra

Marca registrada
( Leandro Luis Vieira Oliveira / Rodrigo De Paula Pontes Melim / Diogo De Paula Pontes Melim / Gabriela De Paula Pontes Melim)

O tempo já passou Feliz em te encontrar Me diz se está bem Eu vou tentando levar Um dia após o outro Vivendo aquelas fases Sai, bebi, menti pra mim Briguei comigo e depois fiz as pazes Que bobagem Eu procurava uma pessoa exatamente igual Com seu charme, com o seu cheiro Seu olhos, boca e digital Eu ligo a tv, não vejo graça É como abrir um vinho pra uma taça Ai que saudade de você Acho que eu vou enlouquecer Cadê você pra rir das minhas piadas Fazer contar estrelas nas suas sardas Com seu sorriso fácil, feliz por nada Que sempre foi sua marca registrada Que o tempo não apagou O tempo já passou Feliz em te encontrar Me diz se está bem Eu vou tentando levar Um dia após o outro Vivendo aquelas fases Sai, bebi, menti pra mim Briguei comigo e depois fiz as pazes Que bobagem Eu procurava uma pessoa exatamente igual Com seu charme, com o seu cheiro Seu olhos, boca e digital Eu ligo a tv, não vejo graça É como abrir um vinho pra uma taça Ai que saudade de você Acho que eu vou enlouquecer Cadê você pra rir das minhas piadas Fazer contar estrelas nas suas sardas Com seu sorriso fácil, feliz por nada Que sempre foi sua marca registrada Que o tempo não apagou Eu ligo a tv, não vejo graça É como abrir um vinho pra uma taça Ai que saudade de você Acho que eu vou enlouquecer Cadê você pra rir das minhas piadas Fazer contar estrelas nas suas sardas Com seu sorriso fácil, feliz por nada Que sempre foi sua marca registrada Que o tempo não apagou Apagou Apagou



mais acessadas