Cobra Venenosa
Ludmilla


Letra

Cobra Venenosa
(Ludmila Oliveira Da Silva)

Ai Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro Escorrendo da boca no cantinho o seu veneno Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro No cantinho da boca escorrendo o seu veneno Eu vim pra causar e não pra passar pano Se fosse pra ser pacífica, eu ficava no oceano Cobra invejosa não sai do lugar Fica me difamando pra poder me atrapalhar Só que você esquece, quem me protege não dorme O meu bonde vai passar e vai te dar mais um sacode Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro No cantinho da boca escorrendo o seu veneno Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro No cantinho da boca escorrendo o seu veneno Não troco minhas amigas por ninguém Andar com elas é bom pra caralho (Oh, oh, oh) Dá tempo de você mudar, sua mandada Aproveita, o muro 'tá baixo (Yeah, yeah-eah) O bonde é chave, é só mulher sagaz (Hmm) Se não pular, tu vai ficar pra trás (Hmm) O mundo para do jeito que a gente faz Fica tranquilinha, da onde eu venho tem mais Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro No cantinho da boca escorrendo o seu veneno Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro No cantinho da boca escorrendo o seu veneno



mais acessadas