Flor de Aruanda
Rael


Letra

Flor de Aruanda
(Rael, Rafael Tudesco e Bruno Marcucci)

Me apareceu do nada, veio em minha direção De repente fez morada Dentro do meu coração É tão pura, tem postura tipo Chimamanda Tem doçura, jogo de cintura de malandra Tem bravura de guerreira, tipo de Wakanda Linda flor de Aruanda Diz por onde você anda Que eu mando te buscar Confesso, tenho que admitir Meu coração você bagunçou Mais bela de tudo que já vi Tão linda flor Meu tempo é raro pra dividir, mas Pra você arrumo o tempo que for Palavras não têm pra resumir Nem o amor E eu já tô te procurando há mais de uma semana É arretada, quente, atraente, pernambucana Tem pegada Mayra Andrade, cabo-verdiana Tem a vaidade de “Morena Tropicana” É andarilha, diz que vira em BH ou em Brasília De Xangô ela é filha, que nem ouro ela brilha Em Salvador, por lá passou geral e enlouqueceu E lá gritou “A Cor Dessa Cidade Sou Eu” É tão pura, tem postura tipo Chimamanda Tem doçura, jogo de cintura de malandra Tem bravura de guerreira, tipo de Wakanda Linda flor de Aruanda Diz por onde você anda Que eu mando te buscar Confesso, tenho que admitir Meu coração você bagunçou Mais bela de tudo que já vi Tão linda flor Meu tempo é raro pra dividir, mas Pra você arrumo o tempo que for Palavras não têm pra resumir Nem o amor Nem o amor Seu olhar vai na rua, um brinde à madrugada É uma simples moldura a lua prateada Nem o amor



mais acessadas