Castelo de Um Quarto Só
Renato da Rocinha


Letra

Castelo de Um Quarto Só
(Renato da Rocinha)

O meu castelo tem um quarto só E amianto pra cobrir minha cabeça Meu guarda roupa é feito de uma só gaveta E mora lá, o passarinho verde da esperança Quem tenta incessantemente alcança No balanço das andanças aprendi sobreviver Vida dolorida pra lá de sofrida, pra encher a barriga é preciso suar Banho de caneco, partiu pro boteco, pagode e cerveja pra anestesiar Valei-me poderoso Deus, olhai esse pobre aprendiz Não tenho dinheiro, nem carro maneiro Meu samba me basta e me deixa feliz Valei-me poderoso Deus, olhai esse pobre aprendiz Não tenho dinheiro, nem carro maneiro, mas eu sou feliz



mais acessadas