Terremoto
Anitta ft. Kevinho


Letra

Terremoto
(Humberto Tavares, Jefferson Junior)

Essa mina é sem vergonha, gosta de tocar o terror Já me deu até insônia, meu sossego acabou Pesadelo da invejosa, sonho de quem não provou Quando ela desce, é igual terremoto Ela senta e não para, ela toca o terror Quando ela desce, é igual terremoto Ela senta e não para, toca o terror Quando eu desço, é igual terremoto Rebolo, não paro, toco o terror Quando eu desço, é igual terremoto Rebolo, não paro, toco o terror Atrevida, poderosa, gosto de tocar o terror Pra te ver perdendo a linha, teu sossego acabou Pesadelo da invejosa, teu desejo eu sei que eu sou Quando eu desço, é igual terremoto Rebolo, não paro, toco o terror Quando eu desço, é igual terremoto Rebolo, não paro, toco o terror Quando ela desce, é igual terremoto Ela senta e não para, ela toca o terror Quando ela desce, é igual terremoto Ela senta e não para E ela entrou na minha mente de um jeito indecente Não como mais, não durmo mais, eu vou ficar doente Tá querendo de novo, já caiu no meu jogo Não pode se queimar, então pra que brincar com fogo? Mas eu sou artilheiro e eu vou virar o jogo Eu vou partir pra cima, de virada é mais gostoso Eu ganho essa parada, pode ficar ligada Vai ver que eu sou zica, haha, cê acredita? Quando eu desço, é igual terremoto Rebolo, eu não paro, toco o terror Quando ela desce, é igual terremoto Ela senta e não para, ela toca o terror Eu desço, não paro, rebolo, eu toco o terror E ela desce, não para, rebola, toca o terror Eu desço, não paro, rebolo, eu toco o terror E ela desce, não para, rebola, toca o terror



mais acessadas