Show do Diogo Nogueira – Tá faltando o quê?

Vivo Rio

LOCALIZAÇÃO

DATA: Sexta 30/08

ABERTURA DOS PORTÕES: 20:30h

LOCAL: Vivo Rio 

ENDEREÇO: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo 

18

DATA: Sábado 31/08

ABERTURA DOS PORTÕES: 19h30

LOCAL: Vivo Rio 

ENDEREÇO: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo 

18

TÁ FALTANDO O QUÊ?

DIOGO NOGUEIRA

As apresentações de Diogo Nogueira pelo país tem sido um grande sucesso e, no Vivo Rio, não é diferente. O show “Tá Faltando o Quê?”, programado inicialmente somente para o dia 31 de agosto, sábado, ganhou uma nova data: sexta, dia 30 de agosto.

Neste show, Diogo apresentará, em primeira mão, sua nova música, “Coisa Boa”, que será lançada em setembro, e receberá a cantora e compositora carioca Mahmundi, numa participação especial.

Diogo mostrará músicas que estão em seu último álbum “Munduê” – como a canção “Coragem” (dele, Fred Camacho e Leandro Fab) e “Tempos Difíceis” (Diogo e Leandro Fregonesi) – e alguns de seus maiores sucessos como “Alma Boêmia”, “Clareou” e o grande hit “Pé na Areia”, que atualmente tem mais de 40 milhões de visualizações no Youtube. Diogo também fará uma homenagem a grandes mestres como Martinho da Vila (“Disritmia”, além de um pot-pourri), Djavan (“Flor de Lis” e “Fato Consumado”), Caetano Veloso (“Força Estranha”) Gonzaguinha (“Um Homem Também Chora-Guerreiro Menino”), Tim Maia (“Descobridor dos Sete Mares”), a seus mestres no samba, Zeca Pagodinho (“Cabô Meu Pai” e “Quando a Gira, Girou”), Beth Carvalho (“Coisinha do Pai” e “Camarão que Dorme a Onda Leva”) e a seu pai João Nogueira, com o clássico “Espelho”.

E claro que não vai ficar de fora seu single, “Tá Faltando o Quê” – lançado em dezembro passado em todas as plataformas digitais, que ganhou um videoclipe, dirigido por Bruno Murtinho, todo gravado em locações de Madureira, bairro da Zona Norte do Rio. E o mais recente, “Vapor de Arerê”, lançado no início de abril, um samba de autoria de dois compositores da nova geração, Inácio Rios e João Martins, produzido por Rafael dos Anjos e Alessandro Cardoso, produtores do elogiado “Munduê”.