Pesquise pelo campo de busca!

Fundo de Quintal

Músicas: 232
Álbuns: 7
Acessos: 364.121
Site: http://www.grupofundodequintal.com.br/



Pela hora

Lançamento: 2006 Faixas: 14

Samba quente

Lançamento: 2005 Faixas: 14

Papo de samba

Lançamento: 2002 Faixas: 14

Fundo de Quintal - Ao Vivo no Cacique de Ramos

Lançamento: 2002 Faixas: 14

Pérolas

Lançamento: 2000 Faixas: 19

Nosso grito

Lançamento: 2000 Faixas: 15

Simplicidade - ao vivo

Lançamento: 2000 Faixas: 16

Chega pra sambar

Lançamento: 1999 Faixas: 13

Divina luz

Lançamento: 1998 Faixas: 12

Carta musicada

Lançamento: 1998 Faixas: 12

Seja sambista também

Lançamento: 1997 Faixas: 13

Nas ondas do partido

Lançamento: 1996 Faixas: 12

O show tem que continuar

Lançamento: 1995 Faixas: 12

Palco iluminado

Lançamento: 1995 Faixas: 13

Ciranda do povo

Lançamento: 1989 Faixas: 12

Nos pagodes da vida - vol. 3

Lançamento: 1983 Faixas: 12

Samba é no Fundo de Quintal

Lançamento: 1980 Faixas: 13
Grupo Fundo de Quintal - grupo de samba formado no final da década de 1970. Formado a partir do bloco carnavalesco Cacique de Ramos, da cidade do Rio de Janeiro, o grupo tornou-se uma referência original no sub-gênero pagode.

Composto principalmente por sambistas da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, o Fundo de Quintal se caracterizou por usar instrumentos - até então pouco comuns em rodas de samba - como o banjo, o tantã, o repique de mão e o repique-de-anel. O grupo inicialmente era composto pelos sambistas Almir Guineto, Bira Presidente, Jorge Aragão, Neoci, Sereno, Sombrinha e Ubirany. Mais tarde, Arlindo Cruz e Walter Sete Cordas integraram o conjunto musical. Atualmente o grupo é composto por Ademir Batera, Cléber Augusto, Ronaldinho, Sereno, Bira Presidente e Ubirany.

Tendo como "madrinha" a cantora Beth Carvalho, o grupo gravou vários álbuns, alguns deles discos de Ouro e Platina. Alguns de seus maiores sucessos são "A Batucada dos Nossos Tantãs", "E Eu Não Fui Convidado", "Boca Sem Dente", "Ô, Irene", "O Show Tem Que Continuar", "Do Fundo do Nosso Quintal", "Só pra Contrariar", "Miudinho", "Bebeto Loteria", "Não Vai na Conversa Dela", ""Vai Lá Vai Lá"", "Parabéns pra Você", "Andei, Andei", "Malandro Sou Eu", "Tô Que Tô", entre outros.

Em 2003, ao lado de Beth Carvalho, Zeca Pagodinho e Dudu Nobre, o Fundo de Quintal foi uma das atrações especiais do "Festival Fábrica do Samba", apresentado no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Ainda naquele ano, foi lançado o álbum "Festa pra comunidade" e o violonista Cléber Augusto afastou-se do grupo para seguir carreira solo. A nova formação do Fundo de Quintal era composta por Ademir Batera (bateria), Flavinho (cavaquinho e voz), Ronaldinho (cavaquinho, banjo e voz), Sereno (voz e tan-tan), Bira Presidente (pandeiro e voz) e Ubirany (voz, repique e caixinha).

Ao final de 2008, Mário Sérgio deixou o grupo para seguir carreira solo.

Artistas mais Acessados

Nosso Estilo 2.164.322
Pagodeô 1.836.490
Swing & Simpatia 1.770.106
Pra Valer 1.630.997
Disfarce 1.263.448
Thiago Servo 728.826
Zeca Pagodinho 517.563
Sorriso Maroto 447.502
Jorge & Mateus 388.639
10º Fundo de Quintal 364.123


Playlist